Em breve iremos descontinuar o suporte para o seu navegador. Atualize-o para uma versão mais moderna. Fechar
(48) 3222 7440 | (48) 3222 7450

ACESSE SEU PLANO


SALDO, EXTRATOS,
BOLETOS E FORMULÁRIOS.

NOTÍCIAS

17/05/2016
MESADA E EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS

Uma das melhores maneiras de empoderar financeiramente e dar uma boa educação financeira para crianças  é utilizar a famosa mesada. Ao criar regras para a mesada os pais ajudam a desenvolver nos filhos hábitos saudáveis na relação com o dinheiro.

 A mesada pode ser uma maneira de os pais controlarem o orçamento dos filhos. Mas muito mais que isso, ela pode ser utilizada para desenvolver a disciplina, o hábito de poupança e para viabilizar a realização de pequenos sonhos que as crianças possuem. No entanto, para que a mesada atinja sua função de educar as crianças financeiramente, é preciso que os pais possuam uma estratégia definida para orientar seus filhos a como utilizá-la.

 Para uma boa educação financeira para crianças , acreditamos que a mesada deve ser utilizada para gastos extras do dia a dia da criança, e não para cobrir despesas que são de responsabilidade dos pais, como transporte para escola, alimentação, roupas, entre outros.

A base para uma boa educação financeira para crianças é passar para elas a necessidade de terem controle da sua mesada. 

Regra 1 - Posso comprar um lanche na cantina da escola?

Toda criança adora comprar uma coxinha, um docinho, balas ou chocolates na cantina da escola. Recomendamos que os pais sejam os responsáveis pelo lanche que as crianças levam de casa. No entanto, eventualmente um filho pode querer comprar algo diferente para comer. Para isso ele pode utilizar parte de sua mesada! Contudo, os pais devem estar atentos com gastos excessivos nesta categoria, pois além de educar financeiramente, é fundamental que a criança tenha uma alimentação saudável.

 

Regra 2 - Quero comprar a nova revista de jogos que saiu na banca!

É comum que crianças tenham hobbies e se identifiquem com alguns assuntos específicos. As famosas “bancas de jornais” possuem diversos atrativos para as crianças, como figurinhas para coleção, revistas de jogos, revistas de desenhos. A criança pode reservar parte de sua mesada para gastar na banca!

 

Regra 3 - Mãe, posso ir ao shopping com as amigas?

Meninas e meninos gostam de passear com os amigos e colegas de escola: ir ao cinema assistir filmes de super-heróis, tomar sorvete, ir a um fliperama, lan house, passear no parque de diversões, entre outros. Esse tipo de despesa costuma surgir com desejos repentinos das crianças. É importante que a criança tenha sempre um valor da sua mesada reservado para cobrir esse tipo de gastos. Se surgir algum desejo para realizar algum passeio por parte da criança, mas ela já tiver gasto toda a sua mesada, então o ideal é que os pais não complementem o valor da mesada, justamente para que a criança perceba valor em controlar melhor suas despesas.

 

Regra 4 - Pai, posso comprar o novo jogo de corrida de carros?

Hoje em dia, os celulares e tablets estão dominados pelo mercado de games. Muitos jogos são estruturados para que a criança tenha que pagar um valor extra para que possa continuar jogando e se divertindo. Se os pais não criarem restrições, esse valor pode fugir do controle. Um dos problemas desse tipo de gasto é que ele normalmente está vinculado diretamente com o cartão de crédito dos pais. Uma solução é que os pais controlem os gastos de jogos e aplicativos realizados pelas crianças e descontem diretamente da mesada dos filhos.

 

Regra 5 - Mãe, posso ir de taxi para o shopping com minhas amigas?

Para realizar alguns passeios, pode ser melhor que a criança utilize algum meio de transporte, pagando com recursos da mesada. Assim, as crianças começam a aprender que um desejo gera também custos acessórios, como por exemplo: ir ao shopping gera um custo extra de transporte!

 

Regra 6 - Meu colega me pediu 2 reais para comprar um brigadeiro na escola, posso emprestar?

Com essa categoria, não estamos incentivando que as crianças emprestem dinheiro da sua mesada. No entanto, eventualmente algum colega da escola pode pedir algum pequeno valor emprestado para comprar um docinho na cantina, por exemplo. Nessas situações eventuais, a criança deve ter ciência de que se ela emprestar, então ela deverá controlar com o dinheiro da sua mesada.

 

Regra 7 - Ahh, aquele brinquedo do canal de desenhos da TV!

Talvez este seja o mais sonhado item das categorias de despesas da mesada. Além de gastos pequenos do dia a dia, toda criança possui desejos maiores e mais caros, que não são possíveis de serem comprados apenas com a mesada de um único mês. É nesse momento que os pais devem incentivar o hábito de poupar nos filhos, com argumentos do tipo: “se você economizar metade da sua mesada, comprará o seu brinquedo tão sonhado em 4 meses”. O hábito de poupar é difícil, mas a satisfação que a criança terá ao conseguir atingir seu sonho a deixará muito motivada! Se a criança aprender a poupar antes de gastar desde cedo, ela provavelmente não será um adulto endividado no futuro!!

 

REGRA 8 - Mãe, eu queria comprar uma figurinha da coleção para presentear meu melhor amigo!

Nesse item cabe o bom senso dos pais. A ideia não é que as crianças paguem pelo valor total do presente de aniversário que será dado a amigos ou primos, por exemplo. No entanto, imagine que a família está em uma viagem e a criança deseja comprar uma lembrancinha para dar de presente ao seu melhor amigo ou amiga. Para esse tipo de despesas a Par Mais recomenda que a criança utilize dinheiro da sua própria mesada.

Criar o hábito de dar mesada aos filhos e criar as regras da mesada é uma ótima ferramenta para desenvolver os primeiros passos da educação financeira na vida das crianças. Uma das maiores contribuições da mesada é que ela institui na mente da criança a necessidade de realizar escolhas com seu dinheiro. Ou seja, a criança poderá escolher entre gastar toda a mesada em figurinhas da banca de jornal ou pode reservar uma parte para outras despesas, como ir passear no shopping com os amigos ou até mesmo comprar um aplicativo online para jogar no celular.

Incentivar escolhas financeiras desde cedo pode gerar impactos saudáveis na relação que a criança terá com o dinheiro durante toda a sua vida.

Fonte: Par Mais

CONHEÇA NOSSOS SIMULADORES



Atendimento

Previc

Notícias Anteriores

2017-07-02
INSTITUIDORES
Esquerda Direita
(48) 3222 7440 | (48) 3222 7450
Av. Hercílio Luz, 639. Ed. Alpha Centauri, sala 211.
Centro - Florianópolis - SC. CEP: 88020-000
  • OABPrev-SC - Fundo de Pensão Multipatrocinado da Ordem dos Advogados do Brasil
  • Todos os Direitos Reservados
Stock Info - Gerenciamento da Informação